Ourique: Município ajuda à fixação de médica no Centro de Saúde.


O Município de Ourique estabeleceu um protocolo com a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, EPE (ULSBA) para a criação e promoção de melhores condições de fixação de profissionais de saúde na terra, participando desde o início de Setembro, no pagamento integral da renda da casa de uma nova médica.

O Baixo Alentejo, pela sua extensão, dispersão territorial e perfil demográfico, apresenta um amplo conjunto de desafios que devem ser respondidos, por via da resolução ou da mitigação dos bloqueios no acesso aos cuidados de saúde.

Apesar dos esforços desenvolvidos pelo Governo, pela Administração Central e Regional da Saúde e pelo Município de Ourique; dos incentivos gerados e dos concursos lançados, não tem sido fácil obter o preenchimento das vagas para os profissionais de saúde previstos no quadro do Centro de Saúde de Ourique.

Nesse contexto, tendo presente a importância de assegurar o reforço dos médicos de saúde familiar do Centro de Saúde de Ourique, o Município de Ourique estabeleceu um protocolo com a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, EPE (ULSBA) para a criação e promoção de melhores condições de fixação de profissionais de saúde na nossa terra, através do suporte do custo da renda da habitação a usar pelo profissional durante o período da prestação do serviço à nossa comunidade.

O Município de Ourique participa assim, desde o início de Setembro, no pagamento integral da renda da casa de uma nova médica, ajudando, desta forma, a dar resposta a inúmeras famílias que se encontravam sem médico de família; a promover os cuidados de saúde primários através de ações de carácter preventivo e curativo; e a realizar consultas de clínica geral/medicina familiar para cuidados de saúde ao utente e família, nas diferentes etapas da sua vida.

O Município de Ourique continua a concretizar políticas autárquicas centradas nas pessoas, na valorização do território e na afirmação de Ourique e do seu Mundo Rural.


Share This Post On
468x60.jpg