Beja: PSD assinala 44.º aniversário amanhã. Hoje Rui Rio faz um périplo pela cidade.
Mai11

Beja: PSD assinala 44.º aniversário amanhã. Hoje Rui Rio faz um périplo pela cidade.

Beja acolhe as celebrações do 44.º aniversário do Partido Social Democrata, cujo tema é “Autonomias Regionais” e que homenageará os históricos líderes dos Açores e da Madeira, João Bosco Mota Amaral e Alberto João Jardim.

Ler Mais
Portalegre: General Carlos Perestrelo é o novo Comandante da Zona Militar da Madeira.
Jun13

Portalegre: General Carlos Perestrelo é o novo Comandante da Zona Militar da Madeira.

Major-general Carlos Perestrelo, antigo comandante da Brigada de Reacção Rápida, é o novo comandante da Zona Militar da Madeira e Comandante Operacional da Madeira (ZMM).

Ler Mais
Ourique: Atrelado de camião carregado de madeira arde no IC1, por rebentamento de pneu.
Dez03

Ourique: Atrelado de camião carregado de madeira arde no IC1, por rebentamento de pneu.

O rebentamento de um pneu do atrelado de um camião carregado de toros de eucalipto, esteve na origem de um incêndio que consumiu parte da carga. A viatura carregou em Odemira e deslocava-se para o Porto de Setúbal para descarregar.

Ler Mais
Alverca/ Serpa: Jornalista alentejano pede aos amigos para não morrer de fome.
Abr04

Alverca/ Serpa: Jornalista alentejano pede aos amigos para não morrer de fome.

Manuel José Madeira, natural de Serpa, antigo jornalista de “A Capital” e “A Bola” vive momentos dramáticos. A doença já o levou três vezes a pedir dinheiro aos amigos. A residir em Alverca há muitos anos, vive sozinho, os pais e a irmã morreram, e em meados de março, Manuel Madeira (na foto com outro alentejano, Bruno Pires, do Redondo, ex-Campeão Nacional de Ciclismo e actual colega de Alberto Contador, na Tinkoff/ Saxo), voltou através do seu blog, http://veloluso.blogspot.pt/, a lançar um repto aos amigos do ciclismo para o ajudarem, enviando-lhe algum dinheiro para “poder sobreviver”. O jornalista alentejano foi autor de muitas prosas sobre ciclismo. Da Volta a Portugal, à Volta à Espanha, passando como é óbvio pela Volta ao Alentejo, Madeira fez a cobertura para os dois jornais. A doença, primeiro, a ingratidão depois e finalmente a revolta, levaram-no ao estado actual. Foi com um grito de “AJUDEM-ME!…”, que o alentejano deixou a mensagem: “É, extremamente envergonhado que volto, creio que pela 3ª vez a pedir ajuda aos amigos que me restam”. Envergonhado, mas não resignado, Manuel Madeira escreveu no seu blog: “Já não sou capaz de sair de casa. É um velho amigo que me leva ao Centro de Saúde”, acusando o Instituto de Segurança Social e apesar dos pareceres médicos decidir administrativamente que “não reunia as condições necessárias para ser Reformado por Invalidez, isto já lá vai um ano”, acrescentando que “de todos os recursos que fiz, o último está no contencioso do ISS há… mais de seis meses… e o melhor que consegui foi o Subsidio Social de Inserção!”. Sem papas na língua e sem medo do futuro e da sua sorte, Manuel Madeira, dispara: “Como não tenho ninguém a meu cargo, como os Ciganos, por exemplo, que conseguem inscrever como seus, todos eles, os filhos dos vizinhos… Recebo 150,69 € por mês… e, a meu lado, nos Correios, vejo jovens de menos de 30 anos, daquela etnia, a receberem 600,00 €. Quantos anos terão descontado para a Segurança Social?”. No rodapé da sua dramática mensagem, o jornalista serpentino, abre o coração aos amigos e pede: “Dez, 15 amigos, com 10,00 € podem ajudar-me a pagar a electricidade… Eu sei que a vida está mal para todos… Por isso me sinto envergonhado de andar a pedir esmola… Obrigado a quem poder, e quiser ajudar-me… O meu NIB é o  0035 0083 00016290431 68”. Uma dura e dramática, mas verdadeira realidade. Um jornalista a mendigar a ajuda dos amigos. Muitos não o esqueceram, como foi o meu caso e já o ajudaram Teixeira Correia...

Ler Mais