Ervidel/ Aljustrel: Recuperado material furtado por dois jovens.


Material furtado nas instalações da Casa do Povo de Ervidel (Aljustrel) foi recuperado pela GNR. Dois jovens foram identificado. Um foi constituído arguido.

Dois jovens de etnia cigana, de 15 e 19 anos, foram identificados, tendo o mais velho sido constituído arguido, por militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Aljustrel, pelo furto no interior das instalações de uma associação que funciona na antiga Casa do Povo de Ervidel, localidade daquele concelho alentejano.

O furto ocorreu na noite do dia 21, tendo depois de uma rápida investigação, no dia seguinte foram emitidos dois mandados de busca, que visavam uma revista a uma improvisada residência dos suspeitos e a um veículo dos mesmos, num acampamento localizado junto à aldeia de Ervidel.

Foi recuperado todo o material furtado, onde para além de cabos, microfones, colunas, destacam-se guitarras, um computador portátil, um amplificador e uma antena exterior de televisão, avaliado em 1.800 euros. O expediente foi remetido ao Tribunal de Ourique.

Além dos militares do NIC, a operação contou com o apoio de efetivos dos Postos Territoriais de Aljustrel, Ervidel e Ferreira do Alentejo e dos Destacamentos de Trânsito e de Intervenção de Beja.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
468x60.jpg