Beja: Forças de Segurança homenageiam profissionais de saúde.


As sirenes e os pirilampos das viaturas das forças de segurança e socorro e o Hino Nacional marcaram a homenagearam profissionais de saúde de Beja.

Os profissionais de saúde do Hospital José Joaquim Fernandes (HJJF), em Beja, concentraram-se no recinto fronteiro ao edifício principal e urgência e da porta principal irromperem as sirenes e os pirilampos dos veículos policiais, proteção civil e bombeiros, para lhes prestaram homenagem pela sua entrega no combate ao Covid-19.

Perfilados, os profissionais da segurança e socorro demonstraram o seu obrigado aos homens e mulheres que na unidade hospitalar “lutam contra um inimigo invisível, mas que queremos exortar para que continuem o vosso imprescindível trabalho”, disse o Intendente Silva Martins, 2º comandante da PSP de Beja, em representação das forças policiais e de socorro, usando o megafone de uma viatura da polícia.

De seguida foi oferecido aos profissionais de saúde um quadro com todas forças policiais e de socorro, onde se podia ler: “em sinal de reconhecimento pela coragem e profissionalismo”, tendo a cerimonia concluída com todos os profissionais e vários cidadãos bejenses, que entoaram o Hino Nacional.

Ao Lidador Notícias, Conceição Margalha, presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, a que pertence o HJJF, considerou que “este gesto demonstrou que há união entre todos os profissionais numa guerra que não se sabe como vai decorrer e terminar. É uma gratidão muito grande”, rematou.

À iniciativa lançada pela Polícia de Segurança Pública (PSP), juntaram-se a Guarda Nacional Republicana (GNR), o Serviço de Estrageiros e Fronteiras, o Comando Distrital da Proteção Civil (CDOS) e os Bombeiros Voluntários de Beja (BVB).

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
468x60.jpg