BEJA: EMAS altera a sua macroestrutura, para melhorar serviços.


No dia 10 de janeiro de 2017 foi aprovada em reunião do Conselho de Administração a nova macroestrutura da EMAS de Beja. Cinco Divisões, Sete Gabinetes e o Apoio Jurídico.
A restruturação tem como objetivo reforçar a coesão e a capacidade de atuação da EMAS nas áreas chave da sua responsabilidade. O atual processo de reorganização da EMAS visa simultaneamente melhorar o funcionamento interno da empresa, o qual se refletirá positivamente nos serviços prestados à população.
No topo da estrutura está o Conselho de Administração, presidido pelo vereador da câmara de Beja, Luís Miranda, que terá no Administrador Executivo, Rui Marreiros, o executor das decisões da administração.
Existirão cinco Divisões, a saber: Laboratório (DL), Administrativa, Financeira e Comercial (DAFCI), Projetos, Empreitadas e Infraestruturas (DPEI), Operação e Manutenção-Abastecimento (DOMA) e Operação e Manutenção-Saneamento (DOMSA).
Serão sete os Gabinetes:  Controlo e Qualidade (GCG), Apoio à Administração (GAA), Sistemas de Informação (GSI), Comunicação Integrada e Sensibilização Ambiental (GCASI), Higiene e Segurança no Trabalho (CHSB), Informação Geográfica e Gestão Operacional (GIGGA) e Gestão de Redes e Controlo de Perdas, estes dois últimos dependentes da Divisão de Operação e Manutenção-Abastecimento. E finalmente o Apoio Jurídico.
Teixeira Correia
(jornalista)

Share This Post On
468x60.jpg