Beja: Hostel descobre parte de cidade antiga durante obra.


O Beja Hostel descobre parte de cidade antiga durante obra e pede apoio para o transformar em museu.

O Beja Hostel descobriu “parte da cidade antiga” enquanto realizava obras de reparação na sua rede de esgotos e decidiu criar uma campanha de angariação de fundos <https://gf.me/v/c/gfm/beja-uma-janela-para-o-passado> para adaptar o seu piso térreo e abrir um museu.

Trata-se de uma campanha solidária criada pelo Hostel Beja que, tendo descoberto vestígios romanos na sequência de uma intervenção na sua rede de esgotos, procura apoio para transformar o seu piso térreo num museu.

“Aqui já encontramos talhas enterradas no solo mas também uma magnífica parede e uma cisterna com a mina de água bem conservada que datam do período romano. Também temos vestígios Islâmicos”, adiantam na página da campanha.

Também a arqueóloga Maria da Conceição Lopes, Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, explica os achados num vídeo disponibilizado e diz-se “convencida” de que se trata de termas
romanas.

O objectivo da campanha agora criada na plataforma GoFundMe <https://gf.me/v/c/gfm/beja-uma-janela-para-o-passado> é angariar cerca de 15 mil euros “para o pagamento dos projectos com o objectivo de aqui manter o hostel a funcionar e abrir um museu no piso térreo, tanto para valorizar o hostel como toda a região de Beja.”

Saiba mais sobre a campanha e veja o vídeo aqui: https://gf.me/v/c/gfm/beja-uma-janela-para-o-passado


Share This Post On
468x60.jpg