Beja: Carro destruído por javalis. Oito animais morrem na colisão.


Uma mulher sofreu ferimentos ligeiros, na sequência da colisão do automóvel onde seguia, acompanhado do namorado, com uma vara de javalis que atravessavam a estrada. A frente da viatura ficou destruída, tendo no local morrido oito javalis.

O acidente ocorreu na noite de terça-feira, cerca das 21,45 horas, na Estrada Municipal 511, na ligação Salvada a Beja, tendo a mulher, de 24 anos, sido transportada ao Hospital de Beja com ferimentos ligeiros.

O pai da rapariga, mostrou-se agastado com a ocorrência. “Perto de 20 animais saíram de um milheiral e atravessam a estrada e foi impossível a minha filha evitar a colisão. Como os animais não têm proprietário, o prejuízo fica do nosso lado”, rematou.

“Os javalis são já uma praga pior que os pombos. Ou se tomam medidas a sério ou qualquer dia vamos ter os javalis a passear dentro das muralhas do castelo de Beja”, justificou o homem que é caçador há muitos anos.

Além dos muitos acidentes de viação que provocam, os javalis “estão a dizimar a população de lebres, coelhos e perdizes. Não caçamos os javalis e eles ainda acabam com a caça”, lamenta o caçador.

A uma patrulha da GNR do Destacamento Territorial de Beja esteve no local a tomar conta da ocorrência.

Entre janeiro e julho do corrente ano, a GNR já registou nas estradas do Continente, 325 acidentes de viação envolvendo javalis, dos quais resultaram um ferido grave e 4 feridos ligeiros, além, de muitos danos materiais nas viaturas envolvidas.

A proliferação da espécie já levou a que o Ministério da Agricultura tivesse emitido uma autorização especial para que até 30 de setembro se possam caçar javalis em zonas afetadas.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
468x60.jpg