IPBeja: Na 3ª fase foram colocados 12,5% das vagas. Agrária com 4 alunos colocados.


No Instituto Politécnico de Beja na 3ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES) foram colocados 14 alunos nas 112 vagas iniciais e de recolocação. Na ESAgrária só 5,19% de colocações.

Nesta 3ª fase do CNAES a Escola Superior Agrária (ESA) voltou a registar números dececionantes. Das 77 vagas existentes, somente foram colocados 4 alunos, o que equivale a 5,19 %, ficando 73 lugares por ocupar. Engenharia e Tecnologia dos Alimentos tinham 46 vagas mas não houve alunos interessados em concorrer aos lugares disponíveis.

Na 1ª fase do concurso, a ESA tinha 125 vagas, foram 6 alunos colocados, tendo ficado 119 lugares sobrantes. Na 2ª fase a Agrária tinha 121 vagas, houve 12 colocados e ficaram 109 vagas sobrantes.

Na três fases do CNAES na ESA foram colocados 21 alunos: Agronomia: 14, Engenharia do Ambiente: 0, Ciência e Tecnologia dos Alimentos: 6 (vagas) e Tecnologias Bioanalíticas: 1.

No total dos 16 cursos nos quatro estabelecimentos do IPBeja, nesta 3ª fase do concurso do corrente ano com um total de 112 vagas foram colocados 14 alunos, tendo sobrado 98 vagas.

A Escola Superior de Saúde, fosse no curso de Enfermagem ou no de Terapia Ocupacional não tinha qualquer vaga.

Vejamos as vagas, as colocações e os lugares por ocupar nos quatro estabelecimentos do IPBeja:

Escola Superior Agrária (4 cursos: 77 vagas/ 4 colocados/ 73 sobrantes): Agronomia: 10 (vagas iniciais), 3 (colocados) e 7 (sobrantes), Engenharia do Ambiente: 24 (vagas), 0 (colocados) e 24 (sobrantes), Ciência e Tecnologia dos Alimentos: 21 (vagas), 1 (colocados) e 20 (sobrantes) e Tecnologias Bioanalíticas: 22 (vagas), 0 (colocados) e 22 (sobrantes).

Escola Superior de Educação (4 cursos: 2 vagas/ 3 vagas recolocação/ 3 colocados/ 2 sobrantes): Audiovisual e Multimédia2 (vagas), 1 (vagas de recolocação), 3 (colocados) e 0 (sobrantes), Serviço Social: 0 (vagas), 1 (vagas de recolocação), 0 (colocados) e 1 (sobrantes); Desporto: 0 (vagas), 0 (colocados) e 0 (sobrantes) e Educação Básica: 0 (vagas), 1 (vagas de recolocação), 0 (colocados) e 1 (sobrantes).

Escola Superior de Tecnologia e Gestão (6 cursos: 29 vagas/ 1 vaga recolocação/  7 colocados/ 23 sobrantes): Solicitadoria (regime de ensino a distância): 0 (vagas), 0 (colocados) e 0 (sobrantes), Engenharia Informática: 14 (vagas), 3 (colocados) e 11 (sobrantes), Gestão de Empresas: 0 (vagas), 0 (colocados) e 0 (sobrantes), Solicitadoria: 4 (vagas), 4 (colocados) e 0 (sobrantes), Turismo: 0 (vagas), 1 (vagas de recolocação), 0 (colocados) e 1 (sobrantes) e Gestão de Empresas (regime pós-laboral): 11 (vagas), 0 (colocados) e 11 (sobrantes).

Escola Superior de Saúde (2 cursos: 0 vagas/ 0 colocados/ 0 sobrantes): Terapia Ocupacional: 0 (vagas), 0 (colocados) e 0 (sobrantes) e Enfermagem: 0 (vagas), 0 (colocados) e 0 (sobrantes).

Segundo os dados da Direção-Geral do Ensino Superior, o Instituto Politécnico de Beja tinha 511 vagas iniciais, foram matriculados após a 2ª fase 340 alunos, tendo como novos colocados 11 alunos (a que se juntam os três das vagas de recolocação) perfazendo um total de 351 estudantes com uma ocupação de vagas de 68,7%.

Para os estudantes agora colocados, a matrícula e inscrição é realizada entre 17 a 20 de outubro junto da instituição de ensino superior.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
468x60.jpg